Vergonha da Política à Brasileira

Eu sinto vergonha !

A qualidade dos candidatos que se apresenta, em especial para a Presidência da República, é horrível, nunca dantes vista em nossa história. É de conhecimento de todos nós que estes candidatos foram escolhidos em um momento de desespero dos dirigentes partidários pelo fato de que não tinham outros com representatividade. Sem que tivessem por trás de si a sombra de outros que os antecederam, eles sequer seriam cogitados. Em consequência disto, o país corre um sério risco de ser administrado por representantes de segunda categoria, que não podemos ter a certeza por quais rumos conduzirão o país. Senão vejamos:


a postulante ao cargo do partido do governo, chega a dizer em público aberrações da sua pseudo-intelectualidade que chegam a estarrecer a todos nós, demonstrando seu despreparo, tanto profissional quanto emotivo. É de conhecimento público que passou a todos um currículo que não é o seu de fato. Também circulam pela internet vídeos destes erros grotescos onde a mesma fala coisas do tipo: “...da miséria, da saída das pessoas do Nordeste para o Brasil, (ou não conhece o país que mora ou preconceituosamente desconsidera os nordestinos como também sendo brasileiros), “...o meio ambiente é uma ameaça para o futuro do nosso planeta e dos nossos países”, (talvez ficasse melhor se tivesse dito que a humanidade é um risco para o planeta, jamais o contrário disto, e "nossos países" também está errado, pois o Brasil é um só, o "nosso país"). No primeiro debate, mostrou-se muito nervosa e em vários momentos passou-nos toda a sua insegurança, fraquezas que não podemos admitir em quem tem a pretensão de representar o país perante o mundo, com certeza seríamos humilhados. É inaceitável, em que circunstâncias forem, que um postulante ao cargo de presidente do Brasil, traga em seu currículo o histórico totalmente negativo de alguém que permaneceu presa por três anos por sequestro, terrorismo e assalto a bancos, em prol de uma luta por algo execrável, a implantação do Comunismo no Brasil. Não socmos chineses, não somos norte-coreanos, muito menos fazemos parte de povos fanatizados, cegos propositadamente, somos um povo que respira liberdade, Democratica.  A população ter ciência destes péssimos exemplos dado e que não permita o acesso ao cargo, sob pena de outros dizerem no futuro: “se a presidente foi terrorista, sequestradora e assaltante, porquê eu não posso ser também ?”. Não menos necessário, é preciso que consideremos também que em determinados momentos demonstra ser uma pessoa extremamente rancorosa e desequilibrada, que irrita-se com facilidade, faz gestos obscenos em público e procura impor a sua vontade através de autoritarismo, mesmo que esta seja completamente equivocada. Estes fatos, levantam a dúvida do que pode nos vir no futuro e coloca em risco o Regime Democrático e os seus princípios fundamentais que conquistamos, como liberdade de expressão, de manifestação, de pensamento, de imprensa, etc., em hipótese alguma podemos admitir que nosso principal representante seja um ditador moral.

Entre suas promessas mirabolantes destacam-se a construção de absurdas seis mil creches, a implantação do PAC 2, sendo que do PAC 1 foram cumpridas apenas 0,23% das metas. Também prometeu a construção de dez mil ginásios esportivos e investir dez bilhões no combate as enchentes. É importante ressaltar aqui que o exemplo dado pelo atual presidente e cujos projetos a candidata promete dar continuidade, é a não concretização destas promessas ou a mentira através de obras que constam em projetos, que são realizadas em pequeno percentual e que são divulgadas como obras já realizadas. Um destes exemplos é o do projeto “Minha Casa Minha Vida” que não concluiu 2% do prometido, 1,2% das 240.569 unidades e ainda prometem assinar um milhão de novas unidades. A candidata chega ao cúmulo de prometer também a inclusão de móveis nestes financiamentos., Infelizmente, a população consumista não percebe o individamento em que estarão se metendo e nas suas futuras consquências. Atos igualmente inconsequentes já foram praticados nos Estados Unidos, e quase levou aquele país bem próximo da bancarrota. São promessas perigosas que não alertam sobre o perigo do endividamento e que a exemplo do que ocorreu nos Estados Unidos, pode levar os bancos a um “quebra-quebra” pela impossibilidade de pagamento por parte dos financiados. Outra mentira costumeira sua é dizer que Lula assumiu com o país inflacionado, claro, mas o governo anterior assumiu com juros de 84,06% ao mês, enquanto Lula assumiu com juros de 12% ao ano. Também é preciso destacar a mentira do governo Lula quanto ao pagamento da dívida externa. Na verdade o que fizeram foi antecipar o pagamento dos juros, não do montante, seguindo o péssimo exemplo de FHC que foi o que mais acumulou dívidas, somando-se a várias privatizações de estatais que não ajudaram em nada. Vendeu o nosso patrimônio e para quê? Não resolveu nada. Endividou ainda mais o país, vendeu tudo o que conseguiu e em que isto melhorou a situação de vida da população? Desta forma, a divida externa brasileira permanece com centenas e centenas de bilhões de dólares e em mais de um trilhão de reais na dívida interna. Como verificamos, é tudo um engodo promovido por politiqueiros farsantes que se utilizam do seu dom maior, o de ludibriar, de enganar o povo desinformado que engole tudo a seco.  Pasmem, na Região Nordeste, muitos acreditam já tomar as águas vindas pela transposição do Rio São Francisco.

Do outro lado, seu principal adversário também nos passou currículos falsos de Engenheiro e Economista. Disse também ter mestrado, o que é mentira. Diz ser um administrador preparado, mas que manda a polícia bater nos professores, que são a base do futuro da sociedade e do Brasil. Também nos passou sua incapacidade e ingerência, provocando lutas armadas de policiais contra policiais. Tudo porque não tem a capacidade de administrar da mínima forma a proporcionar um salário justo e as condições satisfatórias de trabalho para estes profissionais essenciais. Está comprovado que reage com agressividade em vez de inteligência em momentos em que é exigida a sua sobriedade, ordenando inclusive, o ataque por parte dos policiais a jovens estudantes da universidade de São Paulo, atirando-lhes bombas de efeito moral e balas de borracha. Um administrador do Estado que manda atacar aos jovens não pode ser considerado para ser o nosso representante. Como Governador do Estado de São Paulo, melhorou em que a vida da população? O Estado nunca esteve num caos tão grande nas áreas de segurança e de combate ao crime e ao tráfico de drogas. A “cracolândia” causa vergonha em pleno centro da cidade e já se espalha pelos bairros, sem que o governo apresente programas que combatam com eficácia este problema.

Dentre suas promessas absurdas diz pretender investir doze bilhões na área da saúde. De concreto nisto é bom que lembremos que enquanto Ministro da Saúde do FHC, bateu o recorde em número de mortalidade por HIV e Dengue Hemorrágica. Em plena Bienal, prometeu cem milhões de livros por ano para alunos e um milhão de novas vagas para o ensino técnico, o que seria realmente fantástico se saísse do campo das promessas, pois o exemplo dado não é nada favorável, haja visto o que posteriormente foi ironizado por uma professora com quarenta anos de serviços prestados na Rede de Ensino Estadual que mostrou a sua folha de pagamento com os ridículos trezentos reais que recebera. Ora, não consegue nem dar um salário digno aos professores e fala em melhorias para os alunos, só sendo muito otário pra cair nessa. Mas falando em boa educação, a exemplo de sua adversária, não demonstra qualquer constrangimento com os seus gestos, chegando ao cúmulo de, por diversas vezes, limpar o seu nariz em público. Vergonhoso e nojento! Tanto que nos perguntamos se dão o real valor ao cargo, se fazem jus a ele, e se é este o tipo de pessoas que queremos ver nos representando pelo mundo afora? Ele tem a sua sombra o FHC, famoso mentiroso que diz ter inventado o Plano Real, tomando para si o que foi do Governo Itamar Franco, que a esse respeito de "milagre administrativo" não tem nada, o país se endividou ainda mais, inviabilizou o crescimento da economia, o que acabou neste caos social sem fundo que todos presenciamos hoje. Foi dinheiro mal aplicado, que poderia construir um novo Brasil, mas que obviamente, acabou por enriquecer os de sempre, grandes empresários e os banqueiros.

E juntando todos os demais em um saco só, pela sua total falta de capacidade de nos trazer um alento que fosse, presenciamos candidatos que defendem verdadeiras barbaridades políticas-eleitoreiras: salário mínimo de dois mil e quinhentos reais, como se isso fosse possível. Carga horária de trinta e cinco horas semanais, defesas as invasões dos Sem Terra, dos Sem Teto, defensores dos terroristas das FARC, investimentos muito além das possibilidades em Educação, saneamento, segurança e transporte e mais um mar de absurdos que mais parecem querer nos transformar de cidadãos conscientes em um bando de retardados que aceitam e engolem a todas estas inverdades. Todos, ainda praticam sem o menor constrangimento, uma política retrógrada, arcaica, sem escrúpulos e incapaz de demonstrar respeito a nossa Carta Magna, a Constituição Brasileira. Se a lei não favorece a eles, mudam do dia para a noite. Isso é coisa de pilantra, de picaretas, não de pessoas a altura de representar o país.

O sistema brasileiro de votação eletrônica não é confiável e tanto não o é que os países do primeiro mundo o abominam. A insegurança é tamanha que num ato desesperado de alguns, para defender interesses escusos ao cidadão, poder-se-ia facilmente manipular um programa de informática e atribuir votos de alguns para outros. Para tanto, é preciso que as diversas articulações da sociedade exijam que a conferência oficial do voto seja realizada no sistema tradicional, cédulas em papel. Somente este sistema pode garantir segurança ao cidadão. É fato que programas para computador são manipuláveis. O voto eletrônico pode ser utilizado para uma prévia antecipação dos resultados, mas jamais para uma apuração final. Isto deve ser de extremo interesse pela sociedade, para segurança efetiva da expressão da sua vontade. É um fato que pairam dúvidas sobre este sistema e em sendo assim, todos os esforços devem ser direcionados no sentido de eliminá-las. Se o povo brasileiro quer ver a veracidade da sua vontade traduzida nas urnas, com eficácia de cem porcento, é hora de manifestar-se ou todos corremos o risco de ficar a mercê de uma vontade alheia.

Se faz urgente que os cidadãos brasileiros demonstrem a sua evolução, afinal, já estamos na segunda década do Século XXI. É preciso que demonstremos que não aceitamos mais esta vergonha que se transformou a política praticada no Brasil. Não é possível admitir que este povo caia neste velho e tão conhecido “conto do vigário” onde durante o período eleitoral tudo é divino e maravilhoso, mas que fora dele os casos de corrupção e desmando estouram quase que semanalmente. O mundo evolui e por aqui ainda o povo aceita tudo, engole tudo, se ilude e permite a velha e vergonhosa política de décadas passadas. Isto não pode mais ser encarado como uma brincadeira, pois é uma irresponsabilidade da parte de cidadãos, estamos tratando de vidas aqui, que estão se perdendo, de 'irmãos-cidadãos'' que estão sofrendo, do fato de que estão nos roubando e não podemos mais ficar inertes a tudo isso como “bobos da corte” aceitando calados a tudo que tiram de nós. Nunca se viu o nosso País tão abandonado, com o povo sofrendo por todos os lados. Não se pode esquecer dos fatos. Quantas perdas materiais já tivemos? Quanto milhões morreram pela falta de cuidados preventivos? Enquanto isso roubam, constroem castelos, corrompem-se com valériodutos, mensalões, sanguessugas, dólares na cueca, panetones, gafanhotos, vampiros, anaconda, enfim, uma roubalheira política generalizada, vergonhas quase que semanais, que pouco se importam com a população sofrendo e morrendo em desmoronamentos e enchentes por precisarem se sujeitar a morar em áreas de risco. Isto não pode passar em branco e cair no esquecimento como costumeiramente faz o povo brasileiro. Não é possível se admitir mais que as cabeças pensantes do Brasil se permitam ser levadas por esta política vergonhosa que nossos políticos praticam, isto nos humilha e ridiculariza pelo mundo afora. É urgente a mobilização da sociedade no sentido de mudar esta situação, pois é o bem estar de todos que está em jogo.

Você pode mudar tudo isso. Nunca permita que te digam o que fazer e que tentem influenciar a sua consciência. Siga apenas o que ela diz. O poder para a mudança está em suas mãos, e tenha a certeza, você não está sozinho nesta, milhões estão com você, pensando como você, ansiosos por mudanças como você. O Brasil é a nossa empresa e nós é que devemos ditar os seus rumos, não essas pessoas que prometem para se eleger e que depois nos traem. Mas é preciso que você diga isso a elas. Políticos nada mais são do que representantes dos interesses do povo e se eles agem de forma a nos prejudicar é preciso que todos demos um basta nestas atitudes ruins. Portanto, para que o mundo entenda que aqui no Brasil o povo mudou e evoluiu, junte-se a nós. Some-se aos milhões que dirão “NÃO” para os corruptos e “SIM” para o ‘NOSSO BRASIL”!